sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Irene Sarranheira


Um ano e meio atrás, a minha loja não tinha ainda um mês sequer, quando surgiu a Irene e as suas peças lindas, o que a torna a nossa artesã número um. Hoje, Irene Sarranheira responde a algumas perguntas acerca da sua carreira no mundo do artesanato. Poderão ver a sua loja on-line, assim como o seu blog.

1. Antes de te dedicares ao artesanato eras cozinheira, como é que se deu essa mudança, antes já tinhas afinidade com o artesanato?

Bom respondendo á primeira pergunta: Sim, antes era cozinheira, mas não fui reconhecida nesta profissão. Hoje só cozinho por hobby, também gosto da arte de cozinhar, mas só da arte...(rsrssss-risada) A real mudança para o artesanato deu-se numa altura da minha vida
em que eu tinha mesmo de encontrar alguma coisa para realizar-me como mãe.
Sim, porque nós quando somos mãe temos mais força,buscamos lá de dentro, não sei bem de onde, mas buscamos uma força incrível!! Quando grávida de minha última filha Mariana que comecei a entrar em pânico! Foi pensando "Onde vou deixar meu bebé ??"
Pois eu sabia tinha de ir trabalhar mal a menina completasse 4 meses, talvez antes :(.
Isso pra mim era uma decepção completa; deixar um serzinho tão pequeno nas mãos de outra pessoa, desconhecida. Lembrei-me de fazer algo em que eu tivesse a chance de trabalhar e estar perto de minhas filhas!! Comecei a pesquisar,visitar blogs de mães que como eu também eram verdadeiras artistas, encontrei muita gente fera no assunto, estudei um pouco, fiz alguns cursos.
Criei primeiro o blog para por lá os preparativos para o quarto das minhas filhas. Quando menos esperava começaram a surgir alguns orçamentos, os primeiros eu nem acreditava !!
Até pulava dentro de casa quando alguém perguntava alguma coisa !! Mas acreditava mesmo que um dia eu poderia viver daquilo que eu produzia ou ia produzir.


foto de Irene Sarranheira
Photo by Irene Sarranheira



2. E no Brasil, como era? Já gostavas de artesanato, de que artistas?

No Brasil é outra historia, por acaso até bem parecida, eu sempre gostei de artes em geral.
Eu fiz 2 anos de teatro, pintei imensas telas, mas nesta fase pintava só grafite. Minha matéria favorita na escola era educação artística, fazia os meus trabalhos e do resto do pessoal da sala, todos! Queria fazer trabalhos de grupo só se fosse comigo, hoje vejo que isso já era um sinal, embora nunca vi isso com essa clareza.



foto de Irene Sarranheira
photo by Irene Sarranheira


3. O Brasil tem uma grande tradição de artesanato, muitas das tuas criações são inspiradas nos artigos que vias lá? Ou que são tradicionais do Brasil?

Pois é verdade o Brasil tem imensas coisas e é muito ligado em artes e artesanato em si,
Em São Paulo eu tinha programa certo aos Domingos, ia sempre que podia visitar uma feira de artesanato que acontece na Avenida Paulista em frente ao Masp e ficava encantada com tantas coisas,variedade,estilo e talento e isso claro acabava por influenciar mesmo que inconscientemente, quanto ao tradicional do Brasil, acho que os brasileiros faz arte de tudo, e sim, a minha arte tem um pouco de Brasil. O facto de gostar muitoooooooo de reciclar é uma prova disto! Lá muito se recicla, muito se aproveita. É o LUXO do LIXO como se diz por lá.




Candeeiro feito com pacotes de leite.
Light made with milk packages.



foto de Irene Sarranheira
photo by Irene Sarranheira


4. Quais foram os momentos-chave no teu percurso artístico?

Foi quando eu resolvi batalhar mesmo a sério por isso trabalhei imensas horas para fazer as coisas acontecer de verdade, acho que foi mesmo quando a Mariana fez 4 meses e chegava o momento de desligar-me dela, isso foi o "Acorda menina" pra mim, eu nem dormia direito, era horas a fio trabalhando para fazer as coisas certas. Lutei muito, mas tenho tido muitas vitórias, tenho muitas publicações em revistas, hoje já não sei quantas, estive no programa Mundo das Mulheres, no Sic Mulher, estive esta semana no programa Vida Nova da Fátima Lopes, e tenho muitas mais coisa para contar, mas por enquanto vamos esperar...

5. Em que é que te inspiraras para produzires as tuas tuas peças?
Ah, sem dúvida nenhuma que as minhas maiores inspiração é minhas filhas!!!

6. Os teus projectos de futuro?
Meus projectos para o futuro??Olha, ideias tenho muitas e já tive muitas outras,
e como o ditado diz só não muda de ideias quem não as tem, não é mesmo??
Portanto HOJE meus projectos para o futuro são justamente isso:
interagir mais com minhas leitoras, criar uma página onde possa trocar experiências e ideias, falar sobre a importância da reciclagem, sobre filhos, meio ambiente, enfim...
Uma coisa mais humana porque o que faz falta é humanismo.

Beijinhos Carla e sucesso para nós todas.
Irene Sarranheira;)




One year and half behind, my store had almost a mounth, when Irene came up with her beautifull things, what makes her our number one crafter. Today, Irene Sarranheira, answers to some questions concerning her career in the craft world.
1. Before dedicating to crafts, you worked as a cooker. How did this thing of craft came into your life? you already had affinity with crafts?
Good! Answering the first question: Yes, before I was a cooker, but I was not recognized in this work. Today, I only cook for hobby, also like of the art of cooking, but only the art… (rsrssss-laugh). The real change came to me in a moment of my life where I had to find something to carry through as a mother. Yes, because we when we are mothers we become strongest, we search inside, we do have an amazing strenght! When pregnant of my last daughter, Mariana, I started to panic! It was thinking " Where will I leave my baby? ". I will have to work again soon as she completes four months, perhaps before: (. This was a complete disillusion; to leave my baby, so small at the hands of a strange person. I remembered to make something where I had the possibility to work and to be close of my children! I started to search, to visit blogs of mothers who I also were true artists, and I`ve found that a lot of them had a real business, I studied a little, I made some courses. I created my blog to post photos of the room of my children. When less it waited, started to appear some budgets, at first I couldn`t believed! I even jumped of happiness when someone asked something! But it believed that one day I could live of what I was produzing.

2. And in Brazil? You already liked crafts?

In Brazil it was another history. I always I liked arts in general. I made 2 years of theater, I painted canvas a lot, but mostly painted graphite. My favourite subject in school was Artistic Education, made my works and wanted to do for alol my colleagues in the room! It wanted to make group works, today I see that this already was a signal, even that, in that time, I never saw it with this clarity.
3. Brazil has a great craft tradition, many of your creations are inspired in the articles that ways there? Or that they are traditional of Brazil?
Brazil is very prolific in crafts. In São Paulo I had craft classes on Sundays, whenever I could I visit a craft fair that happens in the São Paulo Avenue in front of the Masp and it was magic to see so many things, variety, style and talent and this influenced me unconsciously, for sure. I found that the Brazilians make art from everything, and yes, my art has a little from Brazil. The fact that I use recycled matherials is a proof of it! It is the LUXURY of the GARBAGE, as it is said there.
4. Which was the key-moment in your artistic career?
It was when I decided to seriousfly fight for this work and I worked so much hours to make things to happen. When Mariana made 4 months, arrived the moment to disconnect my self from her, this was when something like a bell said "Wakes up, girl". I was working for hours to make things right. I couldn`t even sleep. I fought a lot, but I have had many victories, I have many publications in magazines, I don`t even know how many, I was invited to appear in some TV shows (Mundo das Mulheres-Sic Woman) and this last week I was in the program Vida Nova with Fátima Lopes, and there is more, but for now I will have to wait to tell!


Um dos trabalhos da Irene num artigo da Revista Faça Fácil.

One of Irene`s artwork in an article of the magazine Faça Fácil.


5. Where does your inspiration comes from?
Ah, without a doubt that my bigger inspiration are my children! (Irene has three kids: Breno, de 15 anos, Ana, e Mariana)


Os filhos da Irene.

Irene`s son and daughters.

6. Your projectos for the future?

My projectos for the future? Ideas I have plenty and already had many others, and as someone says, you can only change your idea if you have one, right?
Therefore TODAY my projectos for the future are exactly this: to interact more with my readers, to create a page where I can exchange experiences and ideas, talk about the importance of the recycling, on children, environment, at last… I think there is a lack about humanity, so the most important is try to build a more human society.




Um dos projectos de reciclagem, no qual os rolos de papel de cozinha são transformados

em prendinhas de baptizado. Excelente ideia!

One of the recycle projects, where the kitchen paper roll is

reused as a package for gifts. Excellent Idea!












Kisses and success for us all.

3 comentários:

irene disse...

Olá,vim te visitar,mas sou suspeita em falar porque também sou sua fã!!!
Seu cantinho é maravilhoso!
Adoroooo parabéns!!
Vou voltar sempreeeee
Bjinhos Irene Sarranheira;)

silva disse...

gostei muito da entrevista sou fã dos trabalhos da Irene o candeeiro esta lindo.

lusobrail disse...

bem fiquei muito impressionado com este seu talento, pois sua criatividade é enorme porque isto é super importante fazer reciclagem com todo este material
só posso enaltecer o seu trabalho
parabéns.