sexta-feira, 11 de setembro de 2009




José Rola Paulo
A loja da minha amiga Rita é uma perdição de cores, texturas e memórias guardadas.
A pequena lojinha no centro da vila é uma herança de familia, deixada á Rita, que veio de Alcântara para a Ericeira com tenra idade. A tradição mantém-se: a montra principal da loja muda conforme o período do ano, com temas alusivos ao contexto. Os tecidos seguem-lhe o passo. Ainda era eu uma gaiata já me lembro de espreitar esta montra, minutos perdidos de estupefacção. Cada pormenor, cada frase. Os adereços desencantados sabe-se lá de que baú e o melhor de tudo: a pesquisa afincada.

José Rola Paulo: Rua de Santo António, nº 10, Ericeira

2 comentários:

coisasdefazer disse...

Na próxima visita à Ericeira vou procurar..

Deva* disse...

Estas lojas antigas são uma perdição!